sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

os desenhos da carlota

,
,
Porque minha amiga Rossana Massiero, do outro lado do oceano, nos presenteou com uma pérola poética intitulada "P[r]IORIDADE" , retirei este rascunho da gaveta.











Os desenhos da Carlota
Surpreenderam-me!
Lindos
Libertos
Soltos
Exultei na perspectiva
De melhorias sequentes
(Defeito de profissão
Que admite inicialmente
Que toda a aprendizagem
Tem caminho sem paragem
Rumo ao aperfeiçoamento)

Dia a dia
Constatei
O processo ser contrário
O que se sabe
Se esquece
O que está quente
Arrefece
Sem volta no calendário





Etiquetas:

13 Comentários:

Blogger manuela baptista disse...

os desenhos da Carlota

são os do princípio dos tempos
dos nossos
e dos peixes

e são belos!

um beijo

manuela

14 de janeiro de 2011 às 16:10  
Blogger Batom e poesias disse...

Amiga amada!

Fico até feliz pelo "empurrão" involuntário que te dei, pois esse poema jamais deveria ficar engavetado.
Quem bom que compartilhou.

Invejo a delicadesa com que trata o tema: " Constatei o processo ser contrário"
Acho que a Larinha (laramaral-teatrodavida.blogspot.com), iniciou uma corrente...

:D
Beijos na alma

Rossana

14 de janeiro de 2011 às 16:32  
Blogger Lilá(s) disse...

Os desenhos da Carlota são lindos, os olhos da Carlota são doces, queria tanto ter uma "Carlota"...
Beijinhos

14 de janeiro de 2011 às 22:40  
Blogger Ingrid disse...

Que delicado querida...
muito lindo!
Beijo.

14 de janeiro de 2011 às 23:36  
Blogger Insana disse...

Lindoo

bjs
Insana

16 de janeiro de 2011 às 20:16  
Blogger Zélia Guardiano disse...

Show, MariaIvone!
Show, daqueles...
Adorei!
Abraço apertado, querida.

17 de janeiro de 2011 às 14:47  
OpenID vitorchuvashortstories disse...

Olá, MariaIvone!

Acontece na vida: a prática encarrega-se de desmentir a teoria, que por vezes nem sempre terá sido bem formulada.
Pessoalmente, acho que na vida acontecem ambas as coisas: com o tempo, aprende-se, sendo que o contrário é igualmente verdade.

Beijinhos, com as desculpas pela "maldade" de ter deitado por terra o tal mito, e o obrigado pelas simpáticas palavras lá deixadas.

Vitor

20 de janeiro de 2011 às 18:16  
Blogger dade amorim disse...

Uma doçura de poema, amiga MariaIvone. Ando de férias em uns lugares de conexão difícil, mas a saudade tá batendo forte :)

Beijos e até breve.

22 de janeiro de 2011 às 15:42  
Blogger Malu disse...

Marialvone ,

Que magia nesses versos ...
Lindos.


Bjo.

22 de janeiro de 2011 às 19:58  
Blogger Maria João disse...

A beleza de um traço não está apenas na força e na direcção do risco, mas em todos os pensamentos que nos povoaram a mão, ao fazê-lo!

Um enorme beijinho

25 de janeiro de 2011 às 15:01  
Blogger Graça Pereira disse...

Os desenhos da Carlota...lindos, trouxeram atrás de si, penso eu a magia deste poema que...seria crime, ficar engavetado!!
E venham mais...muitos mais!
Beijo
Graça

29 de janeiro de 2011 às 21:06  
Blogger Batom e poesias disse...

Cadê você?
Saudades...

bj
Rossana

1 de fevereiro de 2011 às 12:07  
Blogger Mel de Carvalho disse...

Estimada Ivone, vim em busca de novas escritas. Não havendo não me inquietei, desci até onde, de novo, os meus olhos se marejaram: aqui. Eu que tanto, orgulhosamente, sou próxima de outras "D. Carlotas", sinto que, apenas falta quem, como a Ivone as divulgue e, neste singelo acto, lhes devolva generosamente o tanto que ainda têm dentro de si.

Bem-haja, Ivone
Beijo a ambas
Mel

7 de abril de 2011 às 16:53  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial