segunda-feira, 26 de abril de 2010

sem aviso


Gosto de escrever poemas
De rompante sem aviso
Palavras soltas que correm
Qual desnorte intempestivo
Sem direcção sem sentido
Despejadas em avulso
Agrupadas à molhada
Sem mensagem ou intenção
É apenas um impulso
De dizer o que não sei
Como p`ra dizer a alguém
E esse alguém seja eu

Etiquetas:

4 Comentários:

Anonymous Lena disse...

Olha que blog mais bonito!
E esta amiga a escrever poemas sem aviso...
Querem ver que agora ainda vou acabar por descobrir... que afinal... também tens um lado sério?! Xiiiiiiii...

Beijoo grande!
Lena

28 de abril de 2010 às 00:37  
Blogger contagotas disse...

Meu Deus! como os meus créditos estão em baixo! Será que ninguém ainda descobriu que eu "afinal" também tenho um lado sério?

Bem pensando será melhor que não descubram. É que o lado sério não tem muita piada!

Bjos amiga

29 de abril de 2010 às 00:38  
Blogger Jéssyca Carvalho disse...

Ah, amei teu blog, amei esses poemas "sem aviso"...
Voltarei sempre!

Beijo!

30 de abril de 2010 às 17:09  
Blogger Batom e poesias disse...

De rompante sem aviso...
E escreves bem, que dá gosto vir!
bjs

Rossana

30 de abril de 2010 às 21:02  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial