sexta-feira, 2 de julho de 2010

ao contrário

do google







No preciso instante
Em que a luz se acende
Veio-me à cabeça
Uma ideia louca:
Se o mundo estivesse
Virado ao contrário
O andar nas nuvens
Em vez de ser estranho
Era necessário


Então nós podíamos
Correr abraçados
Com jactos de chuva
Molhando-nos os pés
Ninguém se importava
Porque a nossa rua
Cheiinha de ideias
Era larga estrada
Coberta de mar
Envolta de espigas
Em campos de estrelas

Etiquetas:

9 Comentários:

Blogger Andrea de Godoy Neto disse...

Mariaivone, adorei essa imagem de andar nas nuvens. gosto de ponta-cabeça, gosto do gosto e do olhar do inverso.

um beijinho

3 de julho de 2010 às 00:56  
Blogger Juan Moravagine Carneiro disse...

E olha que nem olhamos para o céu quase...
]

abraço

3 de julho de 2010 às 03:33  
Blogger dade amorim disse...

Fantasia é bom material para poesia...

Beijinho.

3 de julho de 2010 às 03:44  
Blogger Zélia Guardiano disse...

Lindo demais, Maria Ivone!
Demais!
Encanto-me com essa tua idéia de inverso do reverso do avesso, do que poderia ser e não é...
Grande abraço, querida!

3 de julho de 2010 às 10:29  
Blogger Ivan Bueno disse...

Oi, Maria Ivone.
Eu, que adoro observar os céus, seja de dia, seja à noite, que adoro fotografar as núvens, a lua, as estrelas e constelações, fiquei me imaginando a caminhar sobre (sob?) as núvens neste mundo virado ao contrário. Com certeza seria um imenso prazer caminhar tendo diante dos olhos, abaixo do "chão" (novo chão!), núvens, lua, estrelas. Que belas ruas teríamos.
Obrigado pela sua visita lá no Empirismo Vernacular. Cá estou retribuindo a visita, começando a ler e já sou seguidor.
Te convido a voltar e a ser seguidora, também. Quero ver tua carinha lá no meio dos rostos de amigos de blogues que venho descobrindo, sendo você mais uma amiga. Serás muito bem vinda.
Grande beijo,

Ivan Bueno
blog: Empirismo Vernacular
www.eng-ivanbueno.blogspot.com

4 de julho de 2010 às 04:52  
Blogger Lilá(s) disse...

Olha que engraçado! gostava de experimentar...
Muito criativo vizinha!!!
Bjs

4 de julho de 2010 às 10:53  
Blogger nydia bonetti disse...

que imagem mais bonita... também queria andar assim. :) beijos.

4 de julho de 2010 às 17:21  
Anonymous Lua Nova disse...

"Correr abraçados
Com jactos de chuva
Molhando-nos os pés."

Às vezes, também fico pensando que, se o mundo virasse às avessas, talvez encontrasse respostas que, às direitas, não consigo encontrar... talvez...

Sou brasileira, adoro Portugal e os portugueses, mas estou aqui porque me encantei com seus poemas e textos. Convido-a para tomar um chocolate comigo já que aqui no Brasil, é inverno. Assim, conhecerá meu blog e talvez me dê a alegria de seguir-me também.
Beijos.

7 de julho de 2010 às 20:31  
Blogger Renata de Aragão Lopes disse...

Que imaginação mais rica...
Adorei!

Beijo,
doce de lira

7 de julho de 2010 às 21:53  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial