sexta-feira, 17 de setembro de 2010

cântico negro

10 Comentários:

Blogger AC disse...

É absolutamente fantástico!

Beijo :)

17 de setembro de 2010 às 08:29  
Blogger Domingos Barroso disse...

Aplaudo.
Aplaudo.

Bravo,
bravíssimo.

Carinhoso beijo.

17 de setembro de 2010 às 15:45  
Blogger manuela baptista disse...

é o cântico negro

mais luminoso que existe!

"eu tenho a minha loucura
levanto-a como um facho a arder na noite escura"

obrigada, Maria Ivone

um beijo

manuela

17 de setembro de 2010 às 16:23  
Blogger Lídia Borges disse...

João Villaret acrescenta música à música deste poema maravilhoso.

Um beijo

L.B.

17 de setembro de 2010 às 18:51  
Blogger dade amorim disse...

Maravilhoso, Maria Ivone. Minha mãe já era admiradora de Villaret.

Um grande beijo.

17 de setembro de 2010 às 23:51  
Blogger Zélia Guardiano disse...

Simplesmente maravilhoso, querida Maria Ivone!
Que belíssimo presente você nos oferece...
Muito grata!!!
Abraço e beijinhos

18 de setembro de 2010 às 18:59  
Blogger Eulália disse...

Este foi o homem q escolheu viver na minha terra,Potalegre, e privar c a minha familia vá lá saber-se porquê, talvez o poema o diga.
Ms temos os srs. do bom senso Ivone,ñ te esqueças e esses sim, sabem qual o caminho, sabem prq sabem e têm bom senso e o caminho é aquele ñ há outro é aquele o dos donos do bom senso...ms ainda bem q há teimosos..

20 de setembro de 2010 às 11:52  
Blogger Insana disse...

Magico.

bjs
Insana

20 de setembro de 2010 às 22:43  
Blogger Maria João disse...

Duas pessoas singulares... duas pérolas, profundamente inscritas na nossa história literária e cultural.
É impossivel não estremecer, com a poesia de José Régio na força da voz e da alma de João Villaret.

Obrigada Ivone, pelo prazer de voltar a saborear este momento, tão especial.

Um beijinho

20 de setembro de 2010 às 23:23  
Blogger Lilá(s) disse...

Hoje particularmente soube-me bem ouvir este cântico...
bjs

21 de setembro de 2010 às 17:57  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial